Faça sua camiseta:

Faça sua camiseta:
Muitos nos procuram querendo comprar uma camiseta do movimento pela ética evangélica, Nós não comercializamos camisetas, mas quem quiser ter uma basta pegar o modelo e mandar fazer no local de sua preferencia: http://exemplobereano.blogspot.com.br/2014/02/camisetas-do-movimento-pela-etica.html

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Curso de Libertadores: Uma análise bíblica e teológica sobre a prática de libertação no Ministério Ágape Reconciliação


                                                                                                                     por Mariel Marra*


INTRODUÇÃO
Em Outubro de 2005 participei de um curso chamado “Curso de Libertadores” ministrado pela Dra. Neuza Itioka e sua equipe na cidade de Betim/MG. Tal como a maioria dos que procuram este curso, o que me motivou a fazer este curso foi o desejo sincero no coração de vir a contribuir com a libertação espiritual dos Cristãos atuais. Antes deste curso eu já lia vários livros sobre Batalha Espiritual desde 2000, contudo foi mesmo no ano de 2005 que procurei conhecer mais a fundo os ensinos sobre Batalha Espiritual, Cura Interior e Libertação.
O que relato abaixo é o fruto de minha profunda reflexão bíblica e teológica sobre o que eu aprendi neste curso. Portanto antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro que não é a intenção julgar o caráter moral, a honra ou qualquer outra coisa desta natureza sobre a Dra. Neuza Itioka, sua equipe ou Ministério.
Quero tão somente, após quase dois anos, expor minha observação bíblico-teológica sobre a prática ensinada durante o Curso de Libertadores do Ministério Ágape Reconciliação[1].
O CURSO
Neste curso é ensinado muitas coisas relacionadas a vida do libertador, comportamento e padrões de prática a serem seguidas por todas as pessoas que de alguma forma desejam desempenhar o ministério de Cura Interior e Libertação em suas igrejas locais. O Ministério Ágape também  ministra o nível II deste mesmo curso, o qual é um aperfeiçoamento do primeiro, entretanto no texto abaixo vou me restringir a falar apenas do nivel I.
Este curso é dividido em duas partes, uma de embasamento teórico e outra prática, onde os alunos observam de perto uma sessão de libertação e como funciona todo o processo e suas orientações a serem guardadas tais como: Iniciar a sessão com orações, reconhecer a presença de Deus, selar o local, proibir que haja comunicação entre os espíritos, proibir espíritos espiões, cercar o local com anjos guerreiros, pedir que Deus envie seus anjos ministradores, proibir qualquer retaliação sobre os ministrantes, intecessores e pessoa a ser ministrada, entregar a ministração ao Espírito Santo, que Ele vá a frente e dirija e dar toda honra e glória ao Senhor Jesus.
O que proponho hoje aos meus leitores é uma análise sincera mediante as escrituras sobre as práticas orientadas pelo curso do Ministério Àgape. Proponho por alguns minutos uma reflexão sincera sobre a visão bíblico-teológica destas práticas que estão de certa forma hoje muito presente em grande parte da Igreja Protestante, especialmente no Brasil..
A PRÁTICA
Conforme foi citado acima nota-se desde o início que existe todo um ritual pragmático a ser seguido meticulosamente, a fim de se preparar o ambiente antes de começar as sessões de cura interior e libertação. Para meu espanto em alguns momentos estes rituais até se assemelham aos rituais feitos por religiões não-cristãs tais como Espiritismo e outras religiões ligados ao movimento de Nova Era.
Os professores orientam que esta preparação inicial do ambiente é extremamente necessária, pois baseado na experiência própria, não cumprir com esta fase inicial de preparação, implicaria diretamente em problemas com os demônios no decorrer da ministração de libertação.
Por isso depois de obedecida e observada a ritualística inicial, deve-se então partir para verificação do estado espiritual da pessoa que passará pela ministração de libertação.
Isto é feito mediante o exame de ficha previamente preenchido, que nada mais é do que um questionário fechado contendo 6 pág ofício, onde procura fazer um levantamento do passado da pessoa, incluindo todos os seus envolvimentos com outras religiões,  que inclui o catolicismo romano, pois conforme a Neuza Itioka, esta religião está mais ligada a feitiçaria do que Espiritismo e Nova Era.
Após a análise da ficha e identificado os envolvimentos espirituais pelo Libertador(pessoa que dirige a sessão), é ensinado que se começe ungindo com óleo o corpo da pessoa.
Existem varios tipos de unções, e sua realização e localização dependerá do exame da ficha. Existe a unção para fechar os pontos chacras; Unção para retirar marcas espirituais, marcas de cortes, tatuagens, navalhas em pactos e rituais; Unção para desligar “fios espirituais” de manipulação e controle sobre a mente da pessoa; Unção para santificar partes do corpo e arrancar tudo o que os demonios colocaram; Unção para cura de enfermidades e Unção para abençoar.
Dependendo da pessoa ministrada, ao final da sessão, esta sai bastante untada de óleo. Pelo menos foi o que eu mesmo percebi em uma das sessões que participei durante o curso; A pessoa que foi ministrada no dia práticamente recebeu unção da cabeça aos pés e este óleo escorria praticamente pelo corpo todo. Fiquei até constrangido ao pensar como aquela pessoa faria para pegar seu onibus e voltar para casa naquele estado em que se encontrava.
REFLEXÃO
Uma reflexão bíblica e teológica saudável sobre esta prática nasce uma de pergunta muito simples: O que Jesus faria?
Sabe-se que os Cristãos Protestantes no geral possuem em comum os pontos da Refoma e um destes pontos fundamentais é que somente as escrituras podem nortear nossa Fé e prática e somente Cristo é o nosso padrão e mediador entre o homem e Deus.
Analisando as escrituras e em especial os evangelhos, será que vemos Jesus fazendo o mesmo que hoje nós fazemos em nossos ministérios de libertação?
Se a sua resposta for “não”, então existe mesmo um sério problema, pois se Jesus não é encontrado fazendo tantos rituais legalistas para Libertação espiritual das pessoas tais como estes que são ensinados pela Dra Neuza, por que nós enquanto Cristãos, estamos praticando eles?
Pelas escrituras descobrimos que por meio da Graça de Deus em Cristo Jesus, estes legalismos, possuem apenas aparencia de sabedoria, mas não possuem valor algum.(Leia Gl 5:1, Cl 2:18-23)
Descobrimos que o sacrificio de Cristo é absolutamente suficiente e que verdadeiramente as maldições que nos eram contrárias foram cravadas na Cruz e removidas inteiramente de uma vez por todas da minha vida.(Cl 2:14-15) Sabe-se também que Ele triunfou sobre todo principado e potestante e com a Sua vitória ekes foram expostos publicamente a humilhação.
Sabemos que problemas e traumas psicológicos não desaparecem automaticamente com a conversão(exceto milagre), entretando acredito que problemas desta natureza precisam ser tratados com profissionais da área, tal como alguém com infarto no miocárdio procura curar-se com um médico cardiologista e não com a Igreja.
Nota-se que os tratamentos psicológicos alternativos oferecido pelos ministérios locais de cura interior e libertação, no geral, estão causando mais problemas e doenças psico-somáticas nas pessoas do que propriamente a cura miraculosa a que estão propondo.
Não é raro eu receber relato sobre pessoas que surtaram e agora estão internadas em hospitais psiquiátricos por se negarem receber tratamento adequado quando era tempo. Antes estas pessoas procuram curar-se nos ministérios de cura interior muitos deles formados pelos cursos oferecidos pelo Ministério Ágape. Infelizmente nestes casos a pessoa apenas foi levada a crer que estava curada, e apartir daí ela negou a si mesmo, a possibilidade de enxergar o seu real estado psíquico.
Histórias tristes como estas jamais serão transformadas em livros e tão pouco testemunhos públicos, mas é uma realidade que muitos querem esconder para não se colocar em dúvida a real eficácia dos métodos utilizados pelos atuais ministérios de cura interior e libertação.
Volto a dizer que não é meu interesse julga-los moralmente, ou inferir sobre sua honra, entretando quero apenas questiona-los no campo teológico sobre a biblicidade que sustentaria tais práticas dentro da Igreja?
Onde repousa a verdade bíblica para se fazer tantas unções? Dentre algumas delas pra fechar CHACRAS? CHACRAS? CHACRAS?
É proposital a repetição da palavra “chacra” para que percebamos que estes conceitos e categorias místicas-esotéricas NÃO pertecem a Fé Cristã!
Outro ponto notável e igualmente estarrecedor é que durante as sessões de libertação que ocorreram durante o curso, por várias vezes os alunos que assistiam a tudo eram orientados para não ficarem descalços e nem cruzarem seus braços e pernas durante o processo de libertação.
Ao perguntar sobre isso, a explicação que recebi foi abismal! Disseram que não se podia cruzar os membros do corpo e nem ficar descalço durante a sessão de libertação, pois isto atrapalharia a saída dos demônios. É como se de alguma forma isso fosse uma “sinalização espiritual”  que prendia o “fluxo de energial” e os demônios ficariam dificeis de sair do corpo da pessoa possessa.
Da mesma forma também orientaram a não dar àgua em hipotese alguma para a pessoa que está sendo ministrada durante a sessão de libertação; A explicação para esta prática está na crença de que supostamente os espíritos ligados ao elemento àgua, tal como Iemanjá, poderiam se fortalecer e também oferecer resistencia durante o processo de libertação.
CONCLUSÃO: O QUE JESUS FARIA?
Acaso alguém que neste momento está lendo este texto, consegue imaginar estas práticas com Jesus durante a libertação de um possesso? Jesus quando encontra o possesso de Gadara(Mc 5:1-20), ele acaso fala aos discipulos: – Descruzem primeiro os braços e pernas e coloquem suas sandálias porque agora nós vamos tirar a legião deste homem e manda-la entrar nos porcos!
Peço que com toda franqueza e sinceridade, que os irmãos meditem sobre sobre isso, e caso percebam que o que falo é a verdade Bíblica, admitam ao menos para si mesmos que estas práticas ensinadas pelo Ministério Ágape não possuem qualquer base bíblica.
Eu até compreendo que práticas desta natureza caem bem para religiões não-cristãs, as quais não possuem nenhum conhecimento da Graça Salvívica, contudo não é admissível que Cristãos, que confessam Cristo como único Senhor e Salvador e dizem ainda seguir as escrituras como único princípio de fé e prática, que se submetam a tais rituais legalistas, que importam conceitos, categorias e práticas de outras religiões sob o pretexto de revelação espiritual.
Ora meus irmãos, se isto é do Espírito, naturalmente teria que estar de acordo com as escrituras, ou seja, de acordo com a Sua Palavra! Entretando o que se pode notar claramente é que os ensinos do Ministério Ágape, os quais aqui foram citados, não encontram qualquer biblicidade. Na verdade é uma importação crenças e conceitos de outras religiões para dentro da Fé Cristã que são tomandas como verdade e revelação de Deus para ajudar a Igreja na prática de libertação.
O que hoje denuncio não se trata de interpretações diferentes a respeito de um mesmo textos bíblicos, estou falando de práticas que não são encontradas em Jesus e tão pouco no resto das escrituras, mas que absurdamente estão se realizando abertamente em nossas igrejas locais sob o pretexto de cura interior e libertação.
A partir da data de publicação deste texto na Internet, para que este texto seja justo, eu abro um espaço público em meu próprio site, destinado a Dra Neuza Itioka e seu Ministério a fim de que possam nos fornecer a biblicidade que sustentariam os ensinos que ao longo do texto foram citados. Me comprometo publicamente em divulgar a resposta oficial por tempo indeterminado, enquanto o site estiver em funcionamento; Qual é a biblicidade para proibir cruzar os membros do corpo, ficar descalço ou realizar inúmeras unções sobre chacras, “fios espirituais” etc…
Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem! Quem conhece as escrituras e a Deus sabe que não falo nada de mim mesmo, mas mediante a autoridade das Escritutas. Hoje com toda educação e mansidão sou levado a cobrar da Igreja e dos ministérios eclesiais responsáveis uma prática legítimamente Cristã; Com o objetivo também de exorta-los como nos orienta a Palavra, seja digno de nota, que mediante o exame sincero das escrituras, as práticas aqui mencionadas não encontram legitimidade em Nosso Senhor Jesus Cristo, aquele que tem todas as coisas debaixo de seus pés, que é o cabeça sobre todas as coisas e foi dado a Igreja a qual é o seu corpo, a plenitude que a tudo enche em todas as coisas(Ef 1:22-23).
Em Cristo
Mariel Marra
* Mariel Marra é atualmente bacharel em Teologia pelo Centro Universitário Izabela Hendrix de Belo Horizonte, membro da Igreja Batista da Lagoinha, servindo nesta congregação como diácono. Também trabalha na internet e outros meios de comunicação, contribuindo para uma reflexão salutar da Fé Cristã, chamando a todos ao equilíbrio e moderação em Cristo. Para convites e outras informações: marielmarra@gmail.com

10 comentários:

  1. Realmente é muito triste vermos cristãos envolvidos com práticas pagãs, e as associando a Cristo!!! De que vale o sacrifício de Jesus pela humanidade, se essa só pode ser "liberta" após os rituais dos ministérios de libertação e cura interior? E como viviam os cristãos dos séculos passados, já que essa moda de cura interior surgiu em 1900 e bolinha?

    Que Deus possa abrir os olhos daqueles que, como ovelhas, estão sendo engolidas por doutrinas ensinadas por demônios...

    ResponderExcluir
  2. Se Jesus disse. E Se o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres, deva haver uma falsa libertação, entendo que nem todos crentes estão verdadeiramente livres. inclusive vc. muita paz e pense nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Bispo" obrigado por acessar este blog. Eu concordo com você que existe falsas libertações, agora o que você entende por "libertação"? A bíblia diz que o FILHO liberta e ELE não precisa destas baboseiras de práticas que este tal "ministério" inventou. Entre os manuais e a Bíblia eu fico com a bíblia com certeza. Não sou contra julgamentos se eles forem com base na bíblia, mas parece que não foi o caso de seu julgamento a alguns "crentes" e a mim. Posso concluir que alguém precisa de libertação e este alguém não sou eu, pois sou liberto pelo FILHO e não por práticas anti bíblicas e esdruxulas. Sigo seu conselho e penso e penso no que a bíblia ensina e quanto mais penso repudio o ministério citado no artigo. Faça o mesmo. Pense, não apenas pense, estude a bíblia antes e pense em seus ensinos."E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ"

      Excluir
    2. Desculpem entrar neste assunto, Meu nome é alexandre, sou pastor na cidade de Araraquara-SP...mas "Se o filho vos libertar, verdadeiramente sois livre"...muitos cristãos não tomam posse dessa libertação (palavra). (Razão por que existem tantos e tantos cristaos endemoniados dentro das igrejas ) Jesus não é mágico. Ele é Deus "As coisas espirituais se discernem espiritualmente" - Fico com Gamaliel. " se for de Deus permanece, se nao for logo desaparece. Estranho este ministerio estar a tanto tempo atuando no brasil... não acha ? Uma coisa sei: A Biblia diz muito sobre "Maldição hereditaria" e de : "Tudo que esta ligado na terra, esta ligado no ceu"... neste caso tudo que foi ligado na terra desde um batismo no catolicismo; se não foi desligado, certamente ainda esta ligado. vejo este ministerio ajudando os cristaos a se desligarem de toda maldição. "E se julgas, nao és observador, e sim juiz. deixe os julgamentos para quem é de direito. DEUS!!... Deus abençoe, e desculpe expressar a visão.

      Excluir
    3. Pastor Alexandre, bem vindo e este blog. Fico feliz por cada participação portanto você não deve se desculpar por expressar sua visão. Creio que você leu o texto, percebeu a "visão" que este blog tem sobre o tema e expressou a sua. Li o que você escreveu e devo dizer que o texto bíblico, citados por você no início , me faz discordar do que você escreva em seguida. Também discordo de se usar o que Gamaliel disse para autenticar qualquer movimento, primeiro por que não vejo fonte de ensino no que ele diz, as escrituras apenas citam algo que ele disse, e se as palavras dele fossem critério para autenticar um ministério eu teria que autenticar todas heresias que dão sustentação a inúmeras seitas que existem por ai, algumas a séculos ( portanto bem mais antigas que estes ministérios de libertação). Não podemos usar um processo de julgamento para um e deixar de usar para outro, dois pesos e duas medidas são combatidas nas escrituras. Uma coisa eu também sei, Jesus nunca falou de maldições hereditárias e ele próprio assegurou liberdade a todos que conhecerem a VERDADE, portanto ao invés de preocuparmos com as maldições com as quais alguém esteja envolvido o melhor é apresentar a ela a VERDADE. A verdade para quem a conhece LIBERTA e isso não é magia é a PALAVRA DE JESUS. Sobre julgamentos, se você procurar neste blog verá muitos textos avaliando o tema à luz das escrituras. As escrituras é fonte de todo ensino e um obreiro que a maneja bem sera sempre aprovado. Obrigado pela participação e continue mantendo contato.

      Excluir
  3. so acho irmao que se osenhor nao gosta ,eu acredito e acho tambem que o senhor deveria respeitar a fé de cada um e deixar o espirito santo revelar a cada um eu participei adorei e vou novamente pois me foi de grande valia e tambem ja fui do centro de umbanda e na ministraçao da DRa Neuza Itioka nao tem nada de espiritismo por acaso o senhor tem conhecimento nesta area (espiritismo?) se nao fizer bem mal tambem nao vai fazer se preocupe mais em ganhar vidas para Jesus pois ele esta voltando.
    Paz do Senhor

    Pastora Regina Celia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pastora Regina obrigado pelo esclarecimento! E vendo um ministério deste como o da Dra Neuza Itioka, que percebo o quanto o Senhor Jesus capacita os escolhidos. Acredito que o problema esta nas pessoas que não foram chamados para tal ministério e insistem em praticar suas próprias vontades .

      Excluir
    2. A resposta não foi a mim, mas como administrador deste blog deixe-me comentar sobre ele. Não tenho dúvida que Jesus capacita os escolhidos mas esta capacitação nunca foge aos ensinos das escrituras. O texto postado mostra claramente que o tal ministério não tem nada de bíblico, logo não pode ser um ministério capacitado pelo Senhor Jesus.

      Excluir
  4. Prezada Pastora Regina, eu respeito a fé de cada um, mas como cristão eu não posso deixar e denunciar o erro. Jesus, o Apostolo Paulo e os demais apostolos fazeram isso e nos ensinaram a fazer o mesmo. Não preciso ter conhecimento de espiritismo, preciso ter conhecimento bíblico e com este conhecimento posso denunciar as bizarrices anti bíblicas que ocorrem neste evento. Sobre se não fazer bem mal não faz, eu discordo, pois todo ensino herético faz mal. E mais, conheço na prática pessoas que sofreram por crerem nestas baboseiras,( graças a Deus, estes conheceram a VERDADE e a VERDADE os libertaram) Jesus esta voltando é tempo de pregar o evangelho Puro, simples e verdadeiro, não outro evagelho ( o qual Paulo nos advertiu que seria ANATEMA-maldito); Obrigado por sua visita neste blog, e se puder, por favor releia o texto. Laudinei.

    ResponderExcluir
  5. olá amados amigos e irmãos em Cristo Jesus...
    Venho por meio deste blog em expressar a minha indignação, e anunciando que sou totalmente contra a essa pratica horrorosa é vexatória com (evangelho de Cristo) que hoje muitos se apoiam na tentativa de se (curar,se salvar, se libertar de algo) e se esquecem totalmente das escrituras e o que lá ensina!!!
    .Hoje pelo que vejo é um analfabetismo bíblico, e pessoas vivendo pelo o que elas querem ser e não o que DEUS realmente quer, estão querendo a todo custo inventar maneiras de tentar ajudar a DEUS, e pessoas se aproveitando disso embarcam nessa como muleta de uma vida material sem progesso , vida espiritual sem sentido, ai fica fácil serem levadas há todo ventre de doutrina por serem preguiçosos, em não aprender sobre DEUS e por serem inimigos de DEUS...
    O processo de libertação se inicia quando ouvimos a palavra de DEUS,
    "CONHECERES A VERDADE É A VERDADE VOS LIBERTARÁ "
    Se analisarmos o texto no seu íntimo extraimos um bom estudo para ensinarmos, " VOS LIBERTARÁ" ,só pode ser liberto quem está preso, amarrado,cativo, então concluimos que somente a palavra de DEUS tem o poder de libertar o cativo ou prisioneiro, então temos a verdade absoluta que a palavra de DEUS LIBERTA E PRONTO!!!
    Agora quanto a cura, o HOMEM QUE ERA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS DISSE , MAIS ESPECIFICAMENTE EM SALMOS 32:1;6 ( leiam o texto todo1: 11 e medite mais)
    Ele o Salmista DAVI, diz " ENQUANTO EU MANTINHA ESCONDIDOS OS MEUS PECADOS O MEU CORPO DEFINHAVA"SALMOS 32:3
    O que DEUS quer nos ensinar enquanto nao confessar seus pecado o seu corpo e sua alma se definham, e morrem, vc se tornará um homem espiritual fraco, e uma alma depressiva como DAVI se encontrava!!!
    Quando reconhecemos que somos de uma origem ADAMICA, que somos pecadores, e se não arrependermos estamos destituídos da GLÓRIA DE DEUS...
    Resumindo eu não vejo cura e libertação, em lugar nenhum, vejo somente na palavra de DEUS que trás a libertação e a salvação!!!




    ResponderExcluir